prosa

Amor rima com poesia?

Amor rima com poesia?



por Rogério Ferreira de Araújo - Rofa


Amor para muitos é viver em transe, num mundo alternativo, aquém do real.


Muitos rimam amor com poesia. Aquela adocicada de tão melosa que se espremer as palavras, cai mel.
Amor para muitos é viver em transe, num mundo alternativo, aquém do real. Viver voando, sem pisar no chão.
Neste aspecto é considerado até “estar cego” quem ama por não conseguir ver a realidade. E isso vale para qualquer idade...
Seja amor juvenil, adolescente, jovem, adulto ou na terceira idade, o que mais importa é amar.
Mas que amor é esse que pega a pessoa e joga para lá e para cá, fazendo a pessoa de “João bobo”? Existe mesmo ou é conto de fadas?
A Bíblia diz com muita propriedade em 1 João 4.18 que “No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor”.
Um sentimento poderoso que pode tanto construir e fazer bem, gerando grande parte da felicidade, quanto destruir e fazer mal e derrubar e pessoa de um jeito certeiro.
E, como disse Mário Quintana, em linguagem bem poética: “Tão bom morrer de amor! E continuar vivendo...”