PERFIL

Saiba um pouco mais sobre os autores e escritores do Grebal

Alzira Ramos

Alzira Ramos escreve poesias, contos e crônicas.

ALZIRA RAMOS DA SILVA, nasceu no dia 03 de Novembro de 1931.
Filha de Manoel Ramos, nascido em 18/11/1897, falecido em 02/08/1951 e Emilia de Moura Ramos, nascida em 16/10/1902, falecida em 15/12/1973.
É viúva de Francisco Rodrigues Silva, nascido em 23/09/1934 e falecido em 16/05/1998.
Iniciou seus estudos no antigo Grupo Escolar Fagundes Varela de 1940 a 1946.
Fez o supletivo do 1º grau na Sociedade Barramansense de Ensino e Cultura (SABEC) em 1972, e o supletivo do 2º grau na Secretaria de Educação e Cultura do Rio de Janeiro em 1974.
Entrou para a Faculdade de Comunicação Social em área Jornalismo na 1ª turma de 1975 a 1978 na Sociedade Barramansense de Ensino superior (SOBEU), atual UBM. Após um curto período, no ano de 1985, entrou para a Faculdade de Direito na mesma universidade aonde havia concluído seu primeiro curso e logo após, fez sua Pós Graduação em Direito Civil e Processo Civil, também na SOBEU.
Trabalhou na Companhia Telefônica Brasileira (CTB) e Telecomunicações do Estado do Rio de Janeiro (TELERJ) de 1948 á 1977, e na Alpecon de 1980 á 1982.
Participou na fundação do Partido Democrático Trabalhista (PDT).
Foi candidata a vereadora e prestou serviços ao governo de Leonel de Moura Brizola; eleito duas vezes governador do Estado do Rio de Janeiro. 1982 á 1989
Participa na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Barra Mansa desde novembro de 1991.
Lecionou no CAFOP (Centro de Formação Profissional de Barra Mansa) de 1994 á 2005.
Participou da CPMA (Comissão Permanente das Mulheres Advogadas da 4ª Subsecção de Barra Mansa) de 1999 á 2005.
De 2007 á 2013 voltou a participar na OAB Mulher da 4ª subsecção de Barra Mansa.
É associada ao GREBAL (Grêmio Barramansense de Letras) desde 08 e agosto de 1978 e participa nas coletâneas de prosas e versos.
Em 11 de Agosto de 2006, lançou o Livro “Primavera da Vida”, na Casa dos Advogados.
Em 28 de Abril de 2011, lançou o Livro “Tenho Saudades Memórias” no GREBAL.
Em 27 de Julho tomou posse na ABH (Academia Barramansense de História) da cadeira 36, cujo Patrono é Denizar de Leon do Nascimento.
Em 1º de Agosto de 2013 defendeu seu Patrono no GREBAL.

OBS: Seu primeiro emprego foi na Fábrica de Beneficiamento de Côco Babaçu Sr. Dilermam Caldas em 1940.
O segundo foi de ajudante de costura da D.Emília G. Andrade em 1946.
Seus passatempos preferidos são ler a viajar.