grebalista ausente

Uma lembrança eterna do Grebal

Jayme Rangel Leal

Um dos fundadores do GREBAL

JAYME RANGEL LEAL, esse cidadão exemplar, que foi meu pai. Realmente, ele foi um dos mais respeitados e dignos cidadãos de nossa cidade, de saudosa memória, pois empreendeu a “grande viagem” em 02 de junho de 1982. JAYME RANGEL LEAL foi um de nossos maiores. Ajudou a construir a História de nossa cidade, nossa querida Barra Mansa. São palavras do seu sobrinho e meu primo, Antônio de Oliveira Leal: ator, galã de Teatro, como bem mostrou no GRECAB, e, também, um ótimo escritor, em seu livro “Barra Mansa Com Amor e Humor”, do qual tive a honra de escrever o Prefácio: “A minha concepção de ser feliz é fazer aquilo que a gente gosta e pode fazer. Para mim, Tio Jayme é um homem feliz, pois fez na vida tudo o que quis, quando pôde fazer. A vida é um mesclado de bons e maus momentos. Os maus, como todo Ser Humano, Tio Jayme também os teve, mas sempre soube dar o exemplo de levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, como no samba de Gasolina. Poucas pessoas sabem dar uma gargalhada tão gostosa como meu Tio Jayme. Foi Diretor do primeiro Jornal Barramansense que conheci, “A Semana”, em companhia do seu amigo e sócio Alcebíades Marins, tendo como Redator- Chefe meu Tio Christovam, que era um grande Jornalista. Foi casado com Tia Ritinha, exímia pianista e minha primeira Professora”. Porém, meu pai, JAYME RANGEL LEAL, foi mais do que uma pessoa humana, de excelente coração. Foi o Fundador, Diretor e Incentivador de quase todas as Instituições que temos em nossa cidade. Para dizer algumas que me vêm à memória: Rotary Club de Barra Mansa, Sindicato do Comércio Varejista de Barra Mansa e Rio Claro, Asilo da Mendicidade (hoje Lar dos Velhinhos), Banda Musical São Sebastião, Legião Brasileira de Assistência, Grêmio Barramansense de Letras –GREBAL, Associação Comercial, Industrial e Agro Pastoril de Barra Mansa (hoje também Prestadora de Serviços, da qual foi um dos fundadores e seu irmão e meu tio Christovam Rangel Leal foi o Primeiro Secretário). A Família Leal, era composta, inicialmente, de Antonio Leal de Souza Neto, do setor de Fazendas; José Batista Leal, do setor de Cinemas; Jayme Rangel Leal, do setor de Comércio e Gráfica; Christovam Rangel Leal, do setor de Jornalismo e Letras; e Durval Leal, no setor de Comércio de Material Elétrico. Eles foram frutos da feliz união de meu avô, Antonio Leal de Souza Júnior, que tinha o apelido de “Tranquilino”, e minha avó Emília Rangel Leal. De meu avô quase não me lembro, pois faleceu quando eu tinha apenas 03 anos, mas de minha avó guardo carinhosa lembrança. Cada um deles, meu pai e meus tios, em seus setores, foram grandes vultos, que a cidade não pode esquecer. / Texto de J. M. do Lago Leal - Ex-presidente do GREBAL e também seu Fundador / Filho de Jayme Rangel Leal / Parte desse texto foi publicado no jornal Memória Barramansense número 16, de junho de 2008 - ABH

Prosas


Notícias


Poemas