RESENHAS

RESENHAS, RESUMOS E OPINIÕES SOBRE GRANDES LIVROS

Eu não posso escolher - resenha



por Anna Paula CMS


Resenha de Vivianne Sophie, do blog "Cá Entre Nós", para o livro "Eu não posso escolher", da autora Anna Paula CMS


Uma boa história de romance é sempre bem vinda e embora eu tenha dado uma pausa no gênero, acabei me relembrando dos motivos de gostar tanto dessas histórias, lendo justamente o novo livro da autora Anna Cms. Trata-se do segundo volume da série "A Cidade Que Nunca Dorme", onde a primeira história contada, foi a da Viv e do Devan (se você perdeu pode encontrar a resenha aqui), agora no entanto, conheceremos a história da Patti, com uma trama ainda mais emocionante que a do primeiro volume.
Em "Eu Não Posso Escolher" nos deparamos exatamente com o final do primeiro livro, onde Patricia Smooter (Patti) é questionada por suas amigas, já que ela vem tendo um comportamento muito estranho nos últimos dias. A jornalista mesmo relutante, começa a narrar os acontecimentos passados de sua vida, começando pela forma como se envolveu com Jesse, ainda na universidade e se apaixonou profundamente pelo rapaz.
Anos depois, Jesse é um empresário e Patti uma jornalista. Ambos namoram a longa data e Jesse começou a sugerir a ideia do casamento. No entanto, Patti sente que falta algo em seu relacionamento, o que a deixa bem empolgada quando encontra Jesse vestido de bad boy em um bar e fazendo muito mistério, tudo para reaver a relação. Os dois acabam por passar uma noite maravilhosa, mas o dia seguinte não poderia ser pior..
Logo ao acordar, Patti recebe uma mensagem de Jesse dizendo que não pode comparecer ao encontro e seu irmão gêmeo (o qual ele nunca havia mencionado) foi em seu lugar. Surpresa e sem saber o que fazer, Patti se dá conta de que acabou de trair seu namorado. Para piorar, ela realmente gostou do gêmeo Jayden, que além de bad boy é incrivelmente inteligente e tem uma história ainda mais emocionante.
"Se toquem da maneira que seus corpos e corações exigirem; se desejem, com a fúria de um tornado contra um tsunami. Se amem... Apenas por algumas horas, com seus corpos e almas... e nos permita traduzi-los com as pontas de nossos pincéis." (Edgard Angel)
Dividida entre dois homens, que são a cópia exata um do outro. Mas que possuem personalidades divergentes, além de uma rixa antiga. Patti terá que decidir entre os dois e tentar se controlar, já que é impossível resistir a ambos. Mas quando seu coração se sente cada vez mais dividido, como ela poderia escolher?
Preciso dizer, que esse segundo livro possui uma grande carga de emoção, ainda maior do que o primeiro e é por isso que estou completamente encantada com essa história. Patti é inteligente, empoderada e mesmo diante de uma indecisão, tem plena certeza das consequências de suas atitudes. Já Jesse é centrado, gentil e um verdadeiro cavalheiro, é um porto seguro para Patti. Enquanto Jayden é totalmente o oposto, imprevisível, não gosta de falar dos sentimentos, mesmo que tudo com ele pareça ser muito intenso.
O amadurecimento da escrita da Anna, é perceptível logo nos primeiros capítulos. Encontramos aqui, uma história bem construída, com personagens fortes e cenas levemente picantes, mas que ainda assim conseguem marcar o leitor. Diferente do primeiro, neste livro você sente na pele os sentimentos da personagem, sofrendo com todas as dúvidas e inseguranças dela. O desfecho é emocionante,deixando um gancho muito bom para o próximo livro, que terá outra protagonista, a qual vocês poderão conhecer nos dois primeiros volumes.
"– O que posso fazer para ajudar? – murmurei, tentando controlar o tom de piedade em minha voz. – Bad boys não ficam depressivos! – brinquei, num riso meio sem graça. – Bad boys depressivos enchem a cara de uísque – ele rebateu. Não gostei do tom cortante em sua voz, delatava a revolta que o Capitão havia mencionado, ele continuou. – Eu não tenho essa prerrogativa. Já me ferrei por ter bebido vinho na sexta. Quando você vai entender que eu, na verdade, não atendo a nenhum dos seus requisitos?!"
O livro está sendo vendido pelo site da Editora Multifoco, enquanto o primeiro volume foi um trabalho da Chiado Editora. O segundo livro está ainda em período de pré venda essa semana e adquirindo o segundo, a autora se compromete em enviar o primeiro, totalmente gratuito. Só é preciso enviar o comprovante de pagamento, em uma das redes sociais dela. Como eu disse acima, este é o segundo volume da série "A Cidade Que Nunca Dorme" e embora algumas pessoas reclamem por não ser volume único, garanto a vocês que esta é uma leitura muito leve e fluída. Com poucas páginas que preenchem nossos corações e nos fazem ansiar por mais.

Vivianne Sophie
http://www.oblogcaentrenos.com.br/2017/04/resenha-eu-nao-posso-escolher-2.html